sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Alunos do 3° Ano A do Colégio Estadual Dr. Abner Araújo Pacini saem da rotina e viajam para Porto Seguro.




Alunos do 3 Ano A do Colégio Estadual Dr. Abner Araújo Pacini saíram da rotina, a turma ao em vez de organizar a tradicional formatura de fim de ano aqui na cidade de Almas decidiram por viajar para o nordeste, foram para porto seguro, antes da saida dos mesmos para a viajem o Pastor Salvador deu a benção e fez uma oração para que eles estivessem proteção durante a viajem, a van com os alunos saiu ontem a tarde por volta das 16:00 horas, os alunos eram só animação, os mesmos passaram a virada de ano por lá, retornando a Almas depois das festividades.


sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Opinião: Prefeito Regis Melo edita Decreto fixando 04 pontos de ônibus



O Prefeito Regis Melo da cidade de Dianópolis, a 40 km de Almas baixou um decreto fixando pontos de ônibus na cidade, o mesmo fixou 04 pontos de parada tanto para quem vai para Dianópolis quanto para quem vem, os pontos das paradas definidas no Decreto foram: Galinhada do Bento, Panificadora Bel Pão, próximo a Caixa Econômica Federal e na Rodoviária, para os que vem de Dianópolis o sentido é o mesmo, porem saindo da Rodoviária, parando próximo a Caixa, na Panificado Bel Pão e Galinhada do Bento. 

Essa medida vale tanto para coletivo, quanto para ônibus e vans que fazem linha passando por lá, a medida não agradou aos passageiros de Almas e de quem chega de viagem de outras cidades, os moradores de Dianópolis também estão insatisfeitos com essa medida. 

Em relação a Almas, quando tinha o funcionamento dos pontos antigos as pessoas poderiam descer no centro e já ir para as lojas fazerem suas compras, agora com essa determinação criou-se uma dificuldade para os consumidores, que agora terão que levar suas compras para a rodoviária para pegar o ônibus ou coletivo, ou o transporte alternativo, que são as vans que fazem linhas para diversos destinos, onde lá se cobra a taxa de embarque de 2 reais.

Se as regras antigas estivessem valendo, os usuários do transporte estariam economizando e comprando mais, essa medida prejudicou e muito os usuários de transporte coletivo, de ônibus e vans que tem que sair das cidades vizinhas ou até mesmo de outros estados para Dianópolis, para visitarem seus parentes ou para fazer compras nos comércios locais, sendo que com os quatro pontos estabelecidos fica difícil a locomoção, pois quem desce em frente a Bel Pão ou próximo a Caixa.  os usuários para chegar ao Centro ou outros Setores, já que os mesmos são distantes um dos outros, tem que contratar um moto táxi, ou ainda um táxi, gerando mais gastos.

Ao se locomover a pé saindo de um desses pontos  ao chegar na praça os mesmos ficam cansados e não tem energia para visitar os comércios e fazer suas compras ou procurar serviços, porque tem que descer e subir uma ladeira enorme, a ladeira do Cavalcante.. 

Que o prefeito Regis Melo possa rever essa medida, fazendo isso o povo agradece e a cidade de Dianópolis ganha com o aumento do consumo dos visitantes.. 




Presidenta da Câmara Municipal comprou novo veículo para o poder legislativo.

Foto: Internet


Após o leilão do veiculo gol, a Câmara Municipal nessa semana deu entrada na compra de um novo  veiculo, o novo carro adquirido é o Uno modelo 2013 ano de fabricação 2013, o mesmo tem as característica da versão anterior, sendo que foi adquirido pelo fácil acesso que o mesmo tem de andar na zona rural do município, o FIAT Uno foi adquirido da Concessionária Auto Via, a presidenta Lilian Zorá Soares da Silva Santos é a 3ª da historia a comprar um carro para Câmara, o primeiro a comprar o veiculo foi o ex-presidente Sandro Ferreira de Souza que comprou o FIAT Uno, logo após o ex-vereador Marquessuel Xavier Barbosa Leiloou o Uno e adquiriu o gol, que por sua vez foi leiloado agora para a compra do uno novamente, o carro deve está chegando as dependências da Câmara Municipal até o final desse ano.

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Nota de Pesar

Perdemos uma das mais importantes lideranças do Estado do Tocantins, o ilustre Senador da Republica, senhor João Ribeiro, sua luta ficara gravada na memoria do povo tocantinense, suas conquistas agora ficaram gravadas e eternizadas nos anais do Congresso Nacional, fica aqui minha nota de pesar a família Ribeiro nesse momento, está passando por esse momento difícil, que é a dor da perda de um ente querido, que Deus possa confortar a todos que estão chorando nesse momento. Rinaldo da Nóbrega Jornalista DRT 818-TO.

João Ribeiro falece aos 59 anos no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira

Senador passou por um transplante de medula no início do ano e desde então vinha tentando se recuperar

Cleber Toledo
Da Redação

O senador João Ribeiro (PR) faleceu na manhã desta quarta-feira, 18, aos 59 anos, no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde estava internado desde o dia 15 de novembro. O estado de saúde dele se agravou na quinta-feira, 12, por causa do derramamento de sangue em um dos pulmões.

Ribeiro foi diagnosticado em maio de 2012 com Sindrome Mielodisplásica hiperfibrótica (SMD). No início do ano ele passou por um transplante de medula doado por seu irmão, o comerciante Lázaro Ribeiro.

A morte do senador foi anunciada pelo presidente em exercício da Assembleia na sessão desta quarta, deputado Osires Damaso (DEM). A sessão foi, então, suspensa.

Ribeiro recebeu alta do tratamento em agosto, depois de seis meses de recuperação do transplante. Então, reassumiu sua vaga no Senado.

Foto: Divulgação
João Ribeiro, que faleceu nesta manhã em SP
No Blog do Cleber Toledo no início de setembro, o senador afirmou que estava "completamente curado" e que sua médica só lhe pediu que se preservasse do sol e da poeira nos 30 dias seguidos.

Em nota no dia 21 de outubro, Ribeiro reafirmou que seu problema de saúde "encontra-se agora debelado". Ele agradeceu os que oraram por sua recuperação e disse que, de volta ao trabalho no Senado Federal desde o início de setembro, prepara-se para retomar suas "andanças pelo Tocantins".

Contudo, foi levado às pressas de UTI área de Brasília para São Paulo no dia 15 de novembro.

Perfil
Filho de uma funcionária pública (Tereza Hilário Ribeiro) e pai pedreiro (Jesus Francisco da Silva), João Ribeiro trabalhou desde os dez anos de idade para ajudar na criação dos irmãos. “Nós somos uma família de sete irmãos, cinco homens e duas mulheres. Uma família humilde, onde todos conseguiram a sua independência. Minha mãe morreu aos 47 anos de idade. Meu pai foi assassinado em 1964, em Rubiataba (GO). Desde pequeno trabalhei. Fui engraxate, vendedor de picolé, trabalhei na roça, puxei enxada – pela minha altura a pior era a de feijão onde eu tinha de trabalhar o tempo todo curvado. Fui também padeiro. Depois, aos 15 anos, comecei a trabalhar numa ótica. Foi no ramo da ótica que garanti o meu sustento e dos meus irmãos, por muitos anos, tendo sido dono de algumas óticas antes de me enveredar pela política”, afirmou o senador em entrevista a Agência Senado.

Atividade Política
João Ribeiro disputou sete eleições, ganhou seis. De todas as vitórias, a mais disputada e comemorada foi a eleição para prefeito de Araguaína, com 34% dos votos. Eram quatro candidatos e não havia segundo turno.

O senador começou sua vida política em 1982, como vereador eleito pelo PDS – Partido Democrático Social, representante do esporte de Araguaína. Na condição de presidente da Liga de Futebol de Araguaína, realizou vários torneios de integração do norte do país. Alguns, com participação de até 60 municípios.

A partir de 1986, na condição de deputado estadual mais bem votado dentre todos os parlamentares da oposição, ainda por Goiás, desempenhou importantes atribuições como a representação da classe dos garimpeiros, fiel ao tempo em que atuou como delegado nacional do sindicato da classe, no auge do garimpo de Serra Pelada.

Como líder do PFL - Partido da Frente Liberal, na Assembléia Legislativa de Goiás em 1988, trabalhou na persuasão dos políticos goianos sobre a importância da criação do Estado do Tocantins.

Recebendo a visita do presidente Lula no hospital
Deputado Federal
Conquistou seu primeiro mandato em Brasília, como deputado federal em 1994, já pelo novo Estado do Tocantins. Foi reeleito nas eleições de 1998. Na Câmara dos Deputados pautou seu trabalho na defesa dos interesses do Tocantins, conseguindo ano a ano que recursos de toda natureza fossem destinados ao Estado.

Além disto, ainda na Câmara federal, ora como titular, ora como suplente, atuou na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização; na Comissão Representativa do Congresso Nacional; nas Comissões Permanentes: de Agricultura e Política Rural; da Amazônia e de Desenvolvimento Regional; de Direitos Humanos; de Economia, Indústria e Comércio; de Seguridade Social e Família; de Trabalho, Administração e Serviço Público; de Viação e Transportes e nas Comissões Especiais: de Concessão e Distribuição do Gás Canalizado; de Demarcação das Terras Indígenas; de Recursos Destinados à Irrigação; de Relações de Trabalho do Atleta Profissional de Futebol e Normas Gerais sobre Desportos, a Lei Pelé; na do Código de Trânsito Brasileiro; na de estabelecimento de Normas Gerais para Instituição de Regime de Previdência Complementar: Suplente e no Projeto do Sistema Financeiro Nacional.

Durante este período, atuou no Executivo do Tocantins, em duas oportunidades. Primeiro em 1997, quando foi secretário de Turismo Ecológico e, depois, entre 2001 e 2002, ocupando a titularidade da Secretaria do Governo, ambas as oportunidades tendo à frente do governo José Wilson Siqueira Campos (PSDB).

Senador da República
João Ribeiro chegou ao Senado nas eleições de 2002. Como senador da República, representando o Estado do Tocantins, teve a sua atuação sempre lembrada pelo caráter municipalista. João Ribeiro trabalhou muito para levar recursos aos municípios tocantinenses, e sua posição como líder do PR e membro do Conselho Político do Presidente Lula, lhe permitiu uma posição de destaque.

O senador ajudou ainda a fundar a Associação Comercial de Araguaína. Defendeu desde o começo a construção da Ferrovia Norte-Sul, as hidrelétricas dos rios Araguaia e Tocantins. E tem trabalhado para levar saneamento básico, esportes, estradas e turismo para os municípios do seu estado.

Hoje é reconhecido como o líder das oposições no Tocantins, e nas eleições municipais de 2008 percorreu todo o Estado fortalecendo seus aliados, que, além do partido que preside (o PR), compõem agremiações políticas como o PSDB, PP, PTB, PRTB, PV, PSC, PMN, e PT.

Nas eleições de 2010, Ribeiro era catado para disputar o governo do Tocantins, mas se aliou ao governador Siqueira Campos e foi reeleito com a maior votação da história do Estado, com 375.090 votos.

Assim que recebeu alta em agosto, João Ribeiro voltou ao trabalho no Senado, reunindo prefeitos com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante

Sua família
João Ribeiro era casado com Cinthia Alves Caetano Ribeiro, com quem tem um filho, João Antônio Caetano Ribeiro. O senador é pai de mais seis filhos: a deputada estadual Luana Ribeiro (PR), João Ribeiro Júnior, Diêgo Afonso Ribeiro, Giovanna Remor Stecanela Ribeiro, Maria Teresa Paranaguá Ribeiro e Fábio da Cunha Ribeiro.

Dois de seus filhos já se enveredaram pela atividade política. Luana Ribeiro (PR) é deputada estadual pelo Tocantins, eleita em 2006 e reeleita em 2010; e João Ribeiro Júnior, o JR., é presidente regional do PRTB no Estado.  (Com informações da Agência Senado)

Fonte: Cleber Toledo

sábado, 14 de dezembro de 2013

Uma década vencendo a fome

Por Luiz Inácio Lula da Silva

O Brasil comemorou recentemente o 10 º aniversário do Bolsa Família, um modelo para muitos programas recentes de distribuição de renda ao redor do mundo.

Por meio do Bolsa Família, 14 milhões de famílias, ou 50 milhões de pessoas – um quarto da população do Brasil – recebem uma renda mensal desde que mantenham as crianças na escola e que dêem a elas assistência médica, incluindo todas as vacinações regulares. Mais de 90% dos pagamentos são feitos para as mães.

Nesses dez anos desde o início do programa, aproveitamento escolar das crianças melhorou, as taxas de mortalidade infantil caíram e 36 milhões de pessoas saíram da extrema pobreza.

Os números são eloquentes, mas não bastam para expressar a transformação na vida de cada um.

Não existe estatística para medir a dignidade – e é disso que se trata quando a mãe e o pai podem oferecer aos filhos três refeições por dia. Não há nos orçamentos uma rubrica chamada esperança – e é disso que se trata quando os pais veem as crianças frequentar a escola para ter um futuro melhor.

Por ter proporcionado essa mudança na vida das pessoas, o Bolsa Família está mudando o curso da História em meu país; as Nações Unidas o consideram o maior programa de distribuição de renda do mundo. Muitos governos têm adotado a transferência de renda no combate à fome. Por isso é importante compreender as razões do êxito do Brasil e os obstáculos que ele enfrentou para colocar o Bolsa Família em prática.

Como em tantos países da América Latina, da África e da Ásia, durante muito tempo o Brasil foi governado só para uma pequena minoria de seus habitantes, a elite. A maioria dos brasileiros era virtualmente invisível, vivendo em uma não-pátria, que desconhecia seus direitos e lhes negava oportunidades.

Nós começamos a mudar esta isso implementando um conjunto de políticas sociais combinado com a valorização do salário mínimo e a expansão ao crédito bancário. Isso dinamizou uma economia que criou 20 milhões de empregos formais nos últimos 10 anos, finalmente integrando a maioria da população ao processo econômico e social.

O Bolsa Família ajudou a provar que sim,  é possível acabar com a fome quando os governos têm vontade política para colocam os pobres no centro de suas ações. Muitos achavam utópico esse objetivo. Talvez não compreendessem que isso era absolutamente necessário para colocar o país na rota do desenvolvimento.

Alguns diziam, de boa fé, que para combater a fome o correto seria entregar alimentos às famílias, e não dinheiro. Mas não basta receber alimentos para matar a fome. É preciso ter a geladeira para conservá-los, o fogão e o gás para cozinhar. E as pessoas precisam se vestir, cuidar da higiene pessoal e da limpeza da casa. As famílias não precisam do governo para dizer a elas o que elas devem fazer com o dinheiro. Elas sabem quais são suas prioridades.

Ainda hoje, certas reações ao Bolsa Família mostram que é mais difícil vencer o preconceito do que a fome. A mais cruel dessas manifestações foi acusar o programa de estimular a preguiça. Isso significa dizer que a pessoa é pobre por indolência, e não porque nunca teve uma chance real. Significa transferir, para o pobre, a responsabilidade por um abismo social que só favorece os ricos.

Na verdade, mais de 70% dos adultos inscritos no Bolsa Família trabalham regularmente,  e complementam a renda com o dinheiro do programa. O Bolsa Família constitui o apoio indispensável para começar a romper o ciclo da pobreza de pai para filho.

Críticos comparavam a transferência de renda a uma simples esmola, nada além de caridade. Só quem nunca viu uma criança desnutrida, e a angústia da mãe diante do prato vazio, pode pensar dessa forma. Para a mãe que o recebe, o dinheiro que alimenta os filhos não é caridade: é um direito de cidadania, do qual ela não vai abrir mão.

Um efeito de longo prazo do Bolsa Família é que ele dá poder a quem é pobre:  eleitores que têm uma renda básica garantida não precisam mais pedir favores. Eles não precisam trocar seus votos por comida ou por um par de sapatos, como era comum nas regiões mais pobres do Brasil. Ele se torna mais livre, o que, para alguns, não é conveniente.

Há, por fim, os críticos que acusam o programa de elevar o gasto público. São os mesmos que dizem que cortar salários e destruir empregos é bom para a economia. Mas dinheiro público aplicado em gente, em saúde e educação não é gasto: é investimento. E o investimento no Bolsa Família está na raiz do crescimento do Brasil.

Cada 1 real – cerca de US$ 0,44 – investido no programa agrega 1,78 real ao PIB, de acordo estimativas do governo brasileiro. O Bolsa Família movimenta o comércio e a produção dos bens consumidos pelas famílias. Muito dinheiro, nas mãos de poucos, serve apenas para alimentar a especulação financeira e concentrar riqueza e renda. O Bolsa Família mostrou que um pouco de dinheiro, nas mãos de muitos, serve para alimentar pessoas, impulsionar o consumo e a produção, atrair investimentos e gerar empregos.

O orçamento do Bolsa Família para este ano é de 24 bilhões de reais, cerca de US$ 10 bilhões, o que é menos de 0,5% do PIB brasileiro. Desde 2008, Estados Unidos e União Europeia já gastaram US$ 10 trilhões para salvar bancos em crise. Apenas uma fração desse dinheiro investida em programas como Bolsa Família poderia acabar com a fome no mundo e lançar a economia global numa nova era de prosperidade.

Felizmente, cada vez mais países estão escolhendo o combate à pobreza como caminho para o desenvolvimento. Já é tempo de os organismos multilaterais estimularem isso promovendo a troca de conhecimento e o estudo das boas experiências de transferência de renda ao redor do mundo. Seria um grande impulso para a vencermos a fome em todo o mundo.

Luiz Inácio Lula da Silva - Ex-Presidente do Brasil

Ocorreu ontem em Palmas a Assembléia Geral do SISEPE




Ocorreu ontem a tarde em Palmas a Assembléia Geral do Sindicato dos Servidores do Estado do Tocantins, SISEPE-TO, na oportunidade o Presidente Cleiton explicou aos participantes como procederia a assembléia,  como necessitava de comparecimento de 2.500 pessoas na primeira chamada, o que não ocorreu, foi suspensa a assembléia por 30 minutos, já na segunda chamada poderia votar qualquer numero de presentes, foi aberta a segunda chamada, logo em seguida o diretor da entidade apresentou o orçamento para 2014 a todos os filiados presentes, após o pronunciamento do diretor financeiro da entidade foi aberta a palavra aos filiados presentes, com quatro inscrições, os filiados que usaram a palavra recomendaram a rejeição da proposta, logo depois da palavra dos inscritos foi dado abertura ao procedimento de votação,  votaram ao todo 379 filiados após a votação, houve apuração dos votos que ficou com o seguinte resultado:  202 votos pela rejeição do orçamento, 170 pela aprovação, 05 votos em branco e 02 votos nulos, com esse resultado o orçamento de 2014 apresentado pelo SISEPE foi rejeitado, com esse acontecimento o Sindicato estará funcionando com o orçamento de 2013, Com o resultado estará sendo feita uma consulta no departamento juridico para saber quais os procedimentos a serem tomados. 

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Câmara Municipal já tem novo Presidente

Segundo informações obtidas com exclusividade diretamente da cidade de Almas Tocantins, a Câmara Municipal da Cidade elegeu agora a noite o seu novo presidente. A eleição teve duas chapas em disputa, uma composta pelo Vereador Narcizo Marcos Alves Borges e a Composta pelo Vereador Edson Gomes de Souza, O Vereador Narcizo Marcos Alves Borges obteve a maioria dos votos ficando o resultado final 5 x 4, que a nova gestão possa fazer do Poder Legislativo um Poder independente e soberano.

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Prefeitura de Almas não Atualiza o PCCS dos Servidores Publicos do Municipio

O Plano de Cargos carreiras e salários do município de Almas, (PCCS) dos Servidores Públicos Municipais envolvendo todas as pastas não foi atualizado até hoje, o mesmo está vigorando ainda com os valores salariais de 2009, para se ter uma ideia o cargo de digitador pelo PCCS receberia R$ 600,00 (seiscentos reais) mas como a legislação não permite que os trabalhadores não ganhe menos de 01 salario minimo os servidores recebem 01 salario minimo, a gestão municipal nem toca no assunto, os vereadores não cobram do executivo sobre o PCCS e quem perde com isso são os servidores do municipio, ao reajustar o valor do salario, o executivo estara reconhecendo a importancia dos servidores para o andamento dos serviços prestados ao municipio, um dos servidores publicos do municipio vem cobrando esse beneficio em todas as sessões do Poder Legislativo até que tomem providencias quanto a isso.

Que seja tomada providencias no sentido dessa atualização salarial, pois o mesmo está muito defasado e merece a atenção do Poder Executivo e também do Poder Legislativo Municipal, quando o mesmo chegar a casa de leis.

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Reunião sobre as obras das Casas do Programa PAC 1 foi realizada em Almas



Foi feita uma reunião entre os vereadores, executivo municipal, defensoria publica e um representante da empreiteira, a reunião ocorreu no dia 27 de novembro de 2013 às 10:00 horas da manhã, no Prédio da Câmara Municipal de Almas-TO, a mesma foi  sobre a construção das casas populares do PAC 1, Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal, as mesmas estão paradas há mais de 04 anos, a reunião foi para definir as providencias que serão tomadas para dar inicio a construção das casas do programa, Almas foi contemplada com 03 PACs da habitação totalizando assim 150 casas populares, sendo que já era para esta concluído o PAC 1 que esta em execução mas com as obras paralisadas, os PAC 02 e 03 ainda está em fase de implantação, moradores cansados de esperar pela construção das residências estão construindo por conta própria, a reunião foi organizada pelo vereador Narcizo Marcos Alves Borges, estiveram presentes na reunião: Secretário de Meio Ambiente Samuel, Secretário de Administração Iris Alves, Osmar Cintra representante do Prefeito e os vereadores: Clevson Barbosa, Eleotério Freitas, Rosilene, Karla Tayanna, Edson Gomes e o Defensor Publico Doutor Hud Ribeiro, Assistente Social Silvana e a Secretária de Assistência Social Eva Cintra, alem dos beneficiários do programa em nosso município, durante a reunião foram tiradas varias duvidas, ficou acertado que a defensoria ira requisitar documentos dos órgãos responsáveis para saber de quem é a responsabilidade e depois ira representar os mesmos, enquanto se busca uma solução, existe beneficiário do programa correndo risco de despejo, devido a esse problema o mesmo teve que construir sua casa para sair do incomodo aluguel, o beneficiário do programa tem 08 meses de aluguel atrasado e não tem como mais ficar morando de aluguel para que a divida aumente, diante disso o mesmo tomou essa decisão, o que foi relatado na reunião 

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Prefeito prometeu e não cumpriu sobre o prazo das obras ficarem prontas.



Vejam esse video, nele o Prefeito de Almas prometeu a reporter da TV Anhanguera que as obras estariam prontas no final de Outubro para o inicio de Novembro, mas depois dessa reportagem o prefeito não cumpriu o prometido e as obras ainda estão inacabadas, vale apena recordar. Cadê as obras prontas prefeito? dessa vez a TV Anhanguera esteve em nossa cidade dia 23 de novembro de 2013 para verificar se as obras estavam prontas, mas o que a reporter encontrou foram as obras do mesmo jeito, algumas com poucas modificações e outras nem remo de mexer, como foi o caso do Posto de Saúde do Setor Oeste, a reportagem pode ser acessada por o link: http://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2013/11/prefeitura-de-almas-nao-cumpre-prazos-e-obras-estao-abandonadas.html a mesma foi exibida hoje dia 25 de novembro de 2013, durante o Jornal Anhanguera Segunda Edição, onde mostrou o prefeito relatando que as obras ficariam prontas entre o final de outubro e inicio de novembro o que não aconteceu, pelo contrario, deu um novo prazo para a entrega das obras que foi o ano que vem.

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Escola Municipal Raimundo Cordeiro de Oliveira comemorou o dia da Consciência Negra






A Escola Municipal Raimundo Cordeiro de Oliveira do Município de Almas comemorou o dia da Consciência Negra, na oportunidade foram feitas varias apresentações como exibição do vídeo Menina Bonita do Laço de Fita, desfile de meninos e meninas, em particular o desfile das meninas as mesmas usavam tranças, em seguida teve apresentação teve apresentação de um grupo de dança que dançou a musica de Margarete Menezes Dandalunda, e logo depois houve a apresentação de capoeira, a Escola Raimundo está de parabens por incentivar a cultura afro-brasileira, Esse dia surgiu para que as pessoas possam refletir sobre a desigualdade, que o negro também é importante não só no Brasil, mas no mundo.

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Almas completou 55 anos de vida

A cidade de Almas completou 55 anos de idade ontem, mas nesses 55 anos de idade pouco se desenvolveu, em comparação com outras cidades da mesma idade aqui no estado do Tocantins veremos que Almas está atrasada em seu desenvolvimento, Araguaina que tem a mesma idade de Almas é uma metropole, desde o primeiro prefeito até o atual houve desenvolvimento, a cidade de Almas deu um salto com Hugo Filgueira em seus dois mandatos, Goianyr Barbosa, Lindomar de Souza, Sisenando Pacini, Manoel Midas todos deixaram suas contribuições ao nosso municipio, com recursos prorprios do municipio, alguns prefeitos antigos que pegou a prefeitura praticamente não teve ajuda dos governos estaduais e federais e fez muitas obras com recursos proprios do municipio, hoje o governo federal está dando muitas ajudas aos municipios o FPM só almentou o tempo todo, nunca teve redução e as gestões atuais reclamam de pouco recurso.

A Cidade de Almas era para ser uma das maiores da Região Sudeste, já era para ter por aqui pelo ao menos 03 bancos, agencias bancarias, eramos para ter o procon, nesse aniversário que a cidade de Almas possa dar o ponta pé inicial para o desenvolvimento,

Criança internada em Guaraí consegue vaga em Palmas após repercussão do caso

Foto: Marcelo Gris

Após a repercussão na mídia on-line do Tocantins, a criança de 1 ano e 1 mês que estava internada no Hospital Regional de Guaraí (HRG), desde á última segunda-feira (11), com um grave quadro de pneumonia, conseguiu vaga no Hospital Infantil Público de Palmas (HIPP). A informação foi confirmada pela Assessoria de Imprensa da Secretaria Estadual de Saúde (SESAU) e pela mãe da criança.

Após a publicação em diversos veículos da imprensa on-line do estado, a Assessoria de Imprensa da SESAU confirmou nesta manhã, por volta das 11:00h, que L G. A., de apenas 1 ano e 1 mês, conseguiu uma vaga no Hospital Infantil Público de Palmas (HIPP).

A confirmação saiu após a criança ter esperado por quase 3 dias no Hospital Regional de Guaraí (HRG), até que uma vaga fosse disponibilizada. O quadro de saúde do menor ainda é considerado grave, pois a pneumonia ocasionou outros problemas de saúde e uma lesão pulmonar.

O fato foi denunciado por servidores do hospital, chocados com a situação e pela família da criança, que é de Colméia-TO. Conforme a mãe, Rosa Carvalho Aguiar, de 28 anos, a criança teria dado entrada no HRG na última segunda-feira (11), por volta das 14:00h. A informação é de que o menor necessitaria urgentemente de uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), ligada há algum leito de pediatria.

As Assistentes Sociais do HRG, conforme apurado, teriam ligado insistentemente para todos os hospitais do estado, em Araguaína, Palmas e até fora do Tocantins. O menor chegou a ser cadastrado no sistema de vagas nacionais, mas UTI pediátrica só apareceu mesmo após a repercussão na mídia.

Fonte: Guaraí Notícias

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Guaraí: Criança com pneumonia aguarda vaga em UTI desde segunda (11)

Foto: Marcelo Gris

Um caso de extrema gravidade está chocando até mesmo profissionais de experiência no Hospital Regional de Guaraí (HRG). Luís Gabriel Aguiar, de apenas 1 ano e 1 mês, está internado em estado grave no hospital, desde a última segunda-feira (11), aguardando vaga para ser transferido para uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Conforme informações repassadas pelos Assistentes Sociais do HRG, a criança estaria com pneumonia grave e necessita urgentemente de uma vaga fora de Guaraí.

O caso foi denunciado por servidores do hospital, chocados coma  situação e pela família da criança que é de Colméia-TO. Conforme a mãe, Rosa Carvalho Aguiar, de 28 anos, Luís teria dado entrada no HRG na última segunda-feira (11), por volta das 14:00h. “Ele já chegou aqui em estado grave e desde este dia estamos aguardando uma vaga em outro hospital, com uma UTI disponível, não quero que meu filho morra e vou fazer de tudo para salva-lo”, comentou a mãe.

Conforme apurado, a criança estaria com um quadro de pneumonia grave, o que teria ocasionado outros problemas e uma lesão pulmonar. O Conselho Tutelar de Guaraí começou a acompanhar o caso nesta manhã e os agentes informaram que irão solicitar via Ministério Público uma ação imediata.

A maior preocupação da família é que a vaga possa não chegar á tempo, ainda mais ás vésperas de um feriado, onde os serviços públicos costumam diminuir em função do número de plantonistas disponíveis.

De acordo com informações da Assistente Social do HRG, Maria Santana, desde que teve acesso ao caso na última terça-feira (12), todas as medidas possíveis foram adotadas. “Estamos ligando insistentemente para todos os hospitais do

estado, em Araguaína, Palmas e até fora do Tocantins, já cadastramos o caso no sistema de vagas nacionais, mas a informação até agora é sempre a mesma: não há vaga para a criança”, enfatizou.

Santana informou ainda que Luís precisa de uma UTI Móvel e de uma UTI Pediátrica, para que o caso possa ser acompanhado de uma forma mais segura. Enquanto a vaga não surge, familiares temem pelo pior.

Fonte: Guaraí Notícias

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Portal da Transparência do Município de Almas-TO no Ar


Essa foto foi tirada do site por Rinaldo Moreira da Nóbrega
Blog Cidade Interativa Almas-TO

O Portal da Transparência do Município de Almas já está no ar, agora a população poderá ter acesso as informações contidas nesse portal como Despesas, Receitas, Empenhos, Liquidações, Pagamentos, Servidores e responsabilidades fiscais, para ter acesso as informações do PORTAL DA TRANSPARENCIA DO MUNICIPIO DE ALMAS- TO, entrem no seguinte link: http://almas.megasofttransparencia.com.br/index.jsf , ao visitar o portal na parte de servidores no portal ainda consta o nome dos mesmos, desde já venho parabenizar a Prefeitura Municipal de Almas por finalmente a prefeitura ter colocado no ar esse portal, só lembrando que o Portal da Transparência foi uma luta intensa de todos da cidade de Almas pela implantação do Portal, desde parabenizando o Vereador Edson Gomes que entrou com ações e denuncias na justiça pela implantação do portal, o Portal da Transparência abre as portas do poder publico para a população almense saber onde está investindo o dinheiro que vem destinado ao município.

domingo, 10 de novembro de 2013

Comissão de Assuntos Econômicos do Senado aprovou nesta quarta,6, requerimento de senadora Kátia Abreu e vai convocar gestores do Tocantins a prestarem esclarecimentos sobre Igeprev



A Comissão de  Assuntos Econômicos do Senado Federal  aprovou na manhã desta quarta, 6, Requerimento da senadora Kátia Abreu  para que sejam prestados esclarecimentos, no Senado da República, sobre as aplicações do Igeprev do Tocantins. O requerimento foi apresentado, lido e aprovado na sessão desta quarta, da CAE.  O Senado deve convocar nos próximos dias o secretário de Relações Institucionais e ex-presidente do Conselho de Administração do Igeprev, Eduardo Siqueira Campos,  o diretor de Combate ao Crime Organizado da Polícia Federal, Roberto Cicliatti Troncon Filho, o diretor do Departamento dos Regimes de Previdência no Serviço Público, do Ministério da Previdência Social,  Otoni Guimarães e o presidente da Comissão de Valores Mobiliários, Leonardo P.Gomes Pereira.  A CAE do Senado deve convocar, também os conselheiros do Tribunal de Contas do Estado, Doris Coutinho e Herbert Carvalho e os presidentes do Sindicato dos Servidores Estaduais (Sisepe), Cleiton Pinheiro e dos Trabalhadores na Saúde (Sintras),  Manoel Pereira de Miranda. 

Na sua justificativa, a senadora Kátia Abreu discorre sobre os desdobramentos da Operação Miquéias, da Polícia Federal que apresentou fartas provas de que uma organização criminosa aliciava prefeitos e gestores de Regimes Próprios da Previdência Social. Segundo apontou a Senadora em seu requerimento, as provas colhidas pela Policia Federal demonstram a existência de uma parceria firmada entre os responsáveis pela direção do Igeprev e os chefes da organização criminosa desbaratada pela Policia Federal . Cita a Senadora, ainda, que, com um fundo de caixa de R$ 2,5 bilhões, a administração do Igeprev aplicou R$ 500 milhões em fundos que não são administrados por bancos de primeira linha. De 2010 a 2012, há aplicações em quatro fundos indicados pela quadrilha chefiada pelo doleiro Faiyed, que totalizaram R$ 271 milhões. Em dois meses, as aplicações feitas em fundos indicados pela empresa do doleiro deram um prejuízo ao Igeprev de R$ 70 milhões. Além do mais, o Igeprev aplicou R$ 298 milhões nos Bancos BVA e Rural, liquidados pelo Banco Central, aumentando o prejuízo do fundo de aposentadoria dos servidores do Tocantins.



Assessoria de Imprensa da Senadora Kátia Abreu:(63) 3215-3838


quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Direito à vida, por Luiz Inácio Lula da Silva

Em todo o mundo, seja nos países ricos, em desenvolvimento ou pobres, o acesso a tratamentos médicos mais avançados está cada vez mais desafiador.  Muitos dos doentes não conseguem beneficiar-se dos medicamentos que poderiam curá-los ou pelo menos prolongar as suas vidas.

 A questão não é mais se existe cura para uma doença — porque, em muitos casos, ela existe — mas de saber se é possível para o paciente pagar a conta do tratamento. Milhões de pessoas encontram-se hoje nessa situação dramática, desesperadora: sabem que há um remédio capaz de salvá-las e aliviar o seu sofrimento, mas não conseguem utilizá-lo, devido ao seu custo proibitivo.


Há uma frustrante e desumana contradição entre admiráveis descobertas cientificas e o seu uso restritivo e excludente.


De um lado, temos as empresas farmacêuticas, que desenvolvem novas drogas, com investimentos elevados e testes sofisticados e onerosos. De outro, temos aqueles que financiam os tratamentos médicos: os governos, nos sistemas públicos, e as empresas de planos de saúde, na área privada. No centro de tudo, o paciente, lutando pela vida com todas as suas forças, mas que não tem condição de pagar para sobreviver.


Nos Estados Unidos, onde o presidente Barack Obama trava há anos uma batalha com a oposição conservadora para estender a cobertura de saúde a milhões de pessoas. Na Europa, mesmo em países ricos o sistema público muitas vezes não consegue garantir o pleno acesso aos novos medicamentos. No Brasil, cada vez o governo precisa de mais recursos para os medicamentos que compra e fornece gratuitamente, inclusive alguns de nova geração. E na África, o HIV atinge contingentes enormes da população, ao mesmo tempo que doenças tropicais como a malária, perfeitamente evitáveis, continuam causando muitas mortes e deixaram de ser priorizadas pelas pesquisas dos grandes laboratórios.


Um vídeo que circula na Internet, feito por uma companhia de celular, tem emocionado o mundo ao mostrar os dramas entrelaçados de um garoto pobre da Tailândia que tem que roubar para obter remédios para sua mãe, e o de uma jovem tendo que lidar com as contas astronômicas de hospital para salvar o seu pai.


Conheço o drama de ter entes queridos sem um tratamento de saúde digno.  Em 1970, perdi minha primeira esposa e meu primeiro filho numa cirurgia de parto, devido ao mau atendimento hospitalar. Os anos que se seguiram, de luto e dor, foram dos mais difíceis da minha vida.


Por outro lado, em 2011, já como ex-presidente, enfrentei e superei um câncer graças aos modernos recursos de um hospital de excelência, cobertos pelo meu plano privado de saúde. O tratamento foi longo e doloroso, mas a competência e atenção dos médicos, e o uso dos medicamentos de ponta, me permitiram vencer o tumor.


É fácil ver as empresas farmacêuticas como as vilãs desse processo, mas isso não resolve a questão. Quase sempre são empresas de capital aberto, que se financiam  principalmente através de ações nas bolsas de valores, competindo entre si e com outras corporações, de diversos setores econômicos, para financiar os custos crescentes das pesquisas e testes com novas drogas. O principal atrativo que oferecem aos investidores é a lucratividade, mesmo que essa se choque com as necessidades dos doentes.


Para dar o retorno pretendido, antes que a patente expire, a nova droga é vendida a preços absolutamente fora do alcance da maioria das pessoas. Há tratamentos contra o câncer, por exemplo, que chegam a custar 40 mil dólares cada aplicação. E, ao contrário do que se poderia imaginar, a concorrência não está favorecendo a redução gradativa dos preços, que são cada vez mais altos a cada nova droga que é produzida. Sem falar que esse modelo, guiado pelo lucro leva as empresas farmacêuticas a privilegiarem as pesquisas sobre doenças que dão mais retorno financeiro.


O alto custo desses tratamentos tem feito com que planos privados muitas vezes busquem justificativas para não dar acesso a eles, e que gestores de sistemas públicos de saúde se vejam, em função dos recursos finitos de que dispõem, frente a um dilema: melhorar o sistema de saúde como um todo, baseado em padrões médios de qualidade, ou priorizar o acesso aos tratamentos de ponta, que muitas vezes são justamente os que podem salvar vidas?


O preço absurdo dos novos medicamentos tem impedido a chamada economia de escala: em vez de poucos pagarem muito, os remédios se pagariam ­­— e seriam muito mais úteis — se fossem acessíveis a mais pessoas.


 A solução, obviamente, não é fácil, mas não podemos nos conformar com o atual estado de coisas. Até porque ele tende a se agravar na medida em que mais e mais pessoas reivindicam, com toda a razão, a democratização do acesso aos novos medicamentos. Quem, em sã consciência, deixará de lutar pelo melhor tratamento para a doença do seu pai, sua mãe, seu cônjuge ou seu filho, especialmente se ela traz grande sofrimento e risco de vida?


Trata-se de um problema tão grave e de tamanho impacto na vida — ou na morte — de milhões de pessoas, que deveria merecer uma atenção especial dos governos e dos órgãos internacionais, e não só de suas agências de saúde. Não pode na minha opinião continuar sendo tratado apenas como uma questão técnica ou de mercado. Devemos transformá-lo em uma verdadeira questão política, mobilizando as melhores energias dos setores envolvidos, e de outros atores sociais e econômicos, para equacioná-lo de um modo novo, que seja ao mesmo tempo viável para quem produz os medicamentos e acessível para todos os que precisam utilizá-los.


Não exerço hoje nenhuma função pública, falo apenas como um cidadão preocupado com o sofrimento desnecessário de tantas pessoas, mas acho que um desafio político e moral dessa importância deveria ser objeto de uma conferência internacional convocada pela Organização Mundial de Saúde, com urgência, na qual os vários segmentos interessados discutam francamente como compartilhar os custos da pesquisa cientifica e industrial com o objetivo de reduzir o preço do produto final, colocando-o ao alcance de todos que necessitam dele.


Não há dúvida de que todos os setores vinculados à medicina avançada devem ter os seus interesses levados em conta. Mas a decisão entre a vida e a morte não pode depender de preço.    



 "Luiz Inácio Lula da Silva é ex-presidente do Brasil (2003-2010)"

sábado, 19 de outubro de 2013

NOTA DE REPUDIO

Venho a este veiculo de comunicação, expressar meu protesto e repudio sobre a legislatura de 2013, primeiramente venho relatar aqui sobre o papel dos vereadores, isso porque vejo que os papeis estão invertidos nessa historia, O Vereador tem inviolabilidade. Essa inviolabilidade, como determina o art. 29, VIII da Constituição Federal, o protege por suas opiniões, palavras e votos no exercício do mandato e na circunscrição do seu município. O mesmo pode se expressar, ele estará protegido, não pode ser violado, o mesmo não deve ser desrespeitado em sua casa, até porque os poderes são independentes e harmônicos entre si, nenhum cidadão tem o direito de exigir cassação ou afastamento de nenhum de vereador, até por que ele tem uma lei que o protege de suas opiniões.

Venho aqui neste momento manifestar meu repudio sobre os acontecimentos com o Vereador Edson Gomes de Souza, do PT, o mesmo não cometeu falta de decoro parlamentar, sempre acompanhando as sessões e o que vejo, quando vai qualquer cidadão usar a tribuna e falar de tudo para o vereador e não ser contido, ao falar de um vereador não está atingindo somente um, está atingindo a todos vereadores.

É de lamentar chegarmos a uma sessão legislativa e ver populares vaiando um vereador que esta brigando por seus direitos, tem mais quarta-feira teve uma sessão em que foi pedido a suspensão do vereador Edson Gomes de Souza, por qual motivo? Crime de Opinião? isso não existe, todos sabem que os vereadores são protegidos por Lei por suas opiniões no exercício de seu mandato e em todo território do município, se ocorresse a o afastamento o poder legislativo de Almas estaria cometendo um erro grotesco.

Hoje como estou fora dos quadros de funcionários da Câmara Municipal e posso falar abertamente, essa legislatura não está muito a altura do que o povo de Almas merece, salvo as participações de Edson Gomes, Karla Tayanna, Eleotério e Jucimar que assumiu durante o período em que a vereadora estava afastada, para ter seu filho.

O que está ocorrendo hoje em nossa cidade, as obras em andamento, é fruto da fiscalização dos vereadores acima citados, inclusive o calçamento feito ao redor da creche foi por meio de denuncia do vereador, esse não é o papel do vereador?.
Para encerrar minha nota:

Número Convênio: 733625
Objeto: INFRA ESTRUTURA URBANA - PAVIEMTNACAO EM BLOKRET, CALCADA, SINALIZACAO HORIZONTAL E VERTICAL, IDENTIFICACAO DE LOGRADOUROS COM PLACAS.
Órgão Superior: MINISTERIO DAS CIDADES
Convenente: PREFEITURA MUNICIPAL DE ALMAS
Valor Total: R$ 493.100,00
Data da Última Liberação: 01/10/2013
Valor da Última Liberação: R$ 69.280,57
Essa informação se refere a ultima parcela liberada no dia 01 de outubro de 2013 referente a este convenio, sendo assim os outros valores já haviam sidos liberados.


Muito obrigado a todos.

domingo, 13 de outubro de 2013

Deputado Zé Roberto (PT) faz entrega de Maquina de Perfurar poços ao Município de Almas-TO

Neste momento esta acontecendo em nosso município a entrega da maquina de perfurar poços em nossa comunidade, o Presidente do PT João de Albuquerque Filho deu abertura ao evento convidando as autoridades presentes para fazer parte da Mesa: Jucimar Rocha de Oliveira, Narciso Marcos Alves Borges, Samuel Gonçalves, João Pimenta, Darleno Ivan, Edson Gomes e a presidente da comunidade quilombola Baião, Eleotério Freitas, após a formação da mesa o condutor da cerimônia abriu a palavra aos componentes da mesa usaram a palavra os componentes: Jucimar, Marcão, Samuel e Eleotério, Darleno, após a palavra dos componentes da Mesa o publico presente terá a oportunidade de falar e logo após usara a palavra o senhor Deputado José Roberto que falara desse beneficio que foi conquistado através da emenda parlamentar do mesmo.

Durante a entrega o Deputado relatou como queira funcionar a utilização da maquina que também estará sendo utilizada no município vizinho de Porto Alegre do Tocantins, o mesmo ainda tirou duvidas do publico participante e logo após encerrou o evento. Esse equipamento será um forte aliado no combate a seca na Região dando mais dignidade às famílias da agricultura familiar.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Justiça cassa mandato e torna inelegível Leonardo Cintra, prefeito de Almas

Decisão está publicada no Diário da Justiça Eletrônico desta quarta-feira

Da Redação

O Diário da Justiça Eletrônico dessa quarta-feira, 9, traz a decisão da juíza eleitoral Edssandra Barbosa da Silva que cassou os diplomas do prefeito e vice da cidade de Almas – Leonardo Sette Cintra (PSDB) e Jurimar Trindade, respectivamente. Na decisão, ela os declarou inelegíveis por oito anos, a partir de 2012, e aplicou a cada um multa de R$ 25 mil. Cintra é o presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM).

A decisão foi tomada no julgamento de uma Ação de Investigação Eleitoral ajuizada por Eldon Manoel Barbosa Carvalho – candidato que disputou com Cintra as eleições de 2012. Ele os acusa de prática de crimes eleitorais e pede a cassação dos diplomas. Entre as acusações que constam no processo estão a realização de boca de urna, utilização de servidor público na campanha eleitoral, compra de voto, propaganda eleitoral irregular, entre outras.

“A presente investigação judicial não foi motivada por um único fato isolado, mas por inúmeras acusações graves, grande parte delas comprovados pela prova produzida nestes autos, que evidenciou o uso da máquina administrativa da Prefeitura de Almas em favor do candidato à reeleição. Vale ressaltar que se trata de cidade pequena, onde os atos do gestor municipal têm inegável influência na vontade do eleitor”, considerou a magistrada.

Para a juíza, a conclusão no processo é de que Leonardo Cintra e Jurimar Trindade praticaram compra de votos, abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação, “tendo violado o princípio da igualdade que deve existir entre os candidatos, provocando desequilíbrio na disputa eleitoral”.

CT aguarda manifestação do prefeito sobre a decisão.

Fonte: Cleber Toledo

domingo, 29 de setembro de 2013

Festejos de São Miguel Arcanjo aconteceram em Almas-TO

Aconteceu em Almas no Sudeste do Estado do Tocantins, a 300 km de Palmas os festejos de São Miguel Arcanjo, nesse periodo teve a novena com inicio dia 20 de setembro, durante a novena alem da missa tinha a parte social com leilões, durante os festejos teve a visita de pessoas vindas de outras cidades e estados,  os festejos de Sâo Miguel se deu origem com a chegada do primeiro português em nossa cidade, pelo que contava a historia quem trouxe a imagem de São Miguel para Almas foi Bernardo Homem, mas na verdade como o primeiro português a chegar foi Manoel Ferraz de Araújo o mesmo que passou em Natividade, tenho ele passado por aqui em 29 de setembro de 1734, então quem trouxe as imagens para Almas não foi Bernardo Homem e sim Manoel Ferraz de Araujo, foi através dele que fundou o Municipio de Almas pela descoberta das minas de ouro, nesse contexto mais tarde para se chegar ao nome atual, São Miguel foi nomeado padroeiro e o nome Almas ficou para a Sede do Municipio.

Ontem foi o encerramento dos festejos de São Miguel às 16:00 horas teve uma grande carreata que percorreu as ruas de nossa cidade, a noite teve a celebração final com o Bispo Dom Romoaldo, alem da parte social, teve a queima de fogos indicando o fim da festa.

Rinaldo Moreira da Nóbrega para o Blog Cidade Interativa Almas-TO.


quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Sessões na Câmara Municipal de Almas

Esta semana esta acontecendo em Almas, as sessões legislativas do mês de setembro, o que marcou dessa vez foi uma manifestação dos contratados pedindo a permanência dos mesmos em seus cargos até o mês de novembro, o movimento teve cunho politico, apesar da líder do movimento negar isso, devido usarem um carro de som com a fala de um vereador em que o mesmo relatava sobre o concurso, palavras de ordem eram gritadas constantemente durante o percurso contra dois vereadores da cidade o Irmão Bim e o Vereador Edson Gomes, que por sua vez foi o mais sitado no manifesto, a gravação que estava no carro de som era do Vereador Edson Gomes do PT, o movimento chegou de forma pacifica na Câmara Municipal, lá foram dada a palavra a três pessoas do movimento, a ultima a falar atacou o vereador Edson Gomes e a radio que o mesmo lutou praticamente sozinho para conseguir a concessão, alem dela outras pessoas falaram que os dois vereadores aviam denunciados os concursados, mas houve também pessoas que defenderam os vereadores, como um funcionário publico municipal, e pessoas da comunidade, as sessões vão até quinta feira dessa semana com varias matérias de interesse da comunidade. Rinaldo Moreira da Nóbrega, direto de Palmas-TO para o Cidade Interativa Almas-TO.

sábado, 7 de setembro de 2013

Ocorreu hoje a 21ª corrida de Rua de Almas e a 3ª etapa do Circuito estadual

Ocorreu hoje em aqui em Almas a 300 km de Palmas no Sudeste do Estado a 21ª Edição da Corrida de Rua da Independência de Almas, essa etapa marcou o retorno de nossa cidade no cenário estadual, pois a mesma correspondeu a 3ª etapa do Circuito Estadual, os corredores de elite mais uma vez estiveram presentes e o vencedor dessa etapa do estadual foi o Eliezer Miranda, já ganhou nove vezes aqui no município, marcando seu nome na historia dessa competição.

Na categoria feminino o destaque foi a Ilza Madalena que venceu essa etapa também, em entrevista ao Blog Cidade Interativa Almas-TO o corredor Eliezio Miranda falou que aqui na cidade de Almas ele sempre tem sorte, o mesmo ainda elogiou o organizador do evento João Filho e dedicou sua vitoria a todos os almenses.

Em relação ao rank estadual o mesmo corre algumas corridas da etapa estadual, mas que a prioridade dele são as provas nacionais, sendo que ele é o 3º colocado da etapa nacional, na São Silvestre sua melhor posição foi o 19º lugar, devido ter atlestas de fora do Brasil, essa posição para ele foi muito boa.

A classificação geral da 21ª Corrida de rua de Almas será dada em breve aqui no Blog Cidade Interativa Almas-TO

                                                                       Fotos:












sexta-feira, 6 de setembro de 2013

21ª Corrida de Rua acontece amanhã com novidade

A 21ª corrida de rua de Almas tem novidade esse ano, essa edição marca o retorno de Almas ao Circuito Estadual de Corrida de Rua, com varias premiações divididas em categorias o circuito de rua de Almas já virou tradição esse ano um dos atrativos é a premiação que chegou a mais de 20.000 reais, amanhã está presente atletas de todo estado do tocantins, alem de atletas de fora do estado, o blog Cidade Interativa Almas-TO. Hoje Ocorreu a reunião para dar os toques finais antes da prova.

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Extensionistas e produtores rurais comemoram sucesso do curso sobre piscicultura de água doce no sudeste do Tocantins

30/08/2013 - Lúcia Brito


Crédito: Lúcia Brito
Extensionistas rurais, produtores e pesquisadores da Embrapa, durante cerimônia de entrega de certificados, em Almas.
O Curso de capacitação continuada em piscicultura de água doce no sudeste do Tocantins, promovido pela Embrapa Pesca e Aquicultura com apoio do Governo do Estado por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), Ministério da Pesca e Aquicultura, e Prefeitura Municipal de Almas, foi encerrado nesta sexta – feira, 30, com demonstrações práticas sobre planejamento de despesca e deteriorização do pescado, num Dia de Campo, realizado na Fazenda Periri, localizada na zona rural do município de Almas, a 276 km de Palmas.

Ao longo de 12 meses um grupo formado por mais de 40 pessoas entre produtores, extensionistas rurais do Ruraltins, técnicos de outras instituições, analistas e pesquisadores da Embrapa, participou da capacitação, planejada e executada em cinco módulos. O projeto teve como objetivo capacitar continuamente os multiplicadores para a implementação e atualização de tecnologias a serem aplicadas na piscicultura.

De acordo com a coordenadora do curso, Marcela Mataveli, zootecnista da Embrapa, os participantes receberam durante o treinamento, informações especificas sobre a anatomia e fisiologia dos peixes, boas práticas de manejo na engorda, manejo de reprodutores e alevinagem, despesca, abate e processamento do pescado, além de explicações sobre associativismo e cooperativismo. “O desafio da extensão rural e dos produtores agora é colocar em prática tudo que foi repassado ao longo desses meses. Para isso,  implantamos Unidades de Referência Tecnológica (URT) aqui na região, e vamos monitorar o resultado desse trabalho”, afirmou a coordenadora, destacando que a participação do público alvo foi além das expectativas, pois não houve desistência de nenhum componente do grupo.

Durante a cerimônia de entrega dos certificados de conclusão do curso, ocorrida na tarde desta quinta-feira, 29, na Câmara Municipal de Almas, a presidente do Ruraltins, Miyuki Hyashida, agradeceu o empenho dos parceiros na realização das oficinas, destacando o trabalho em conjunto. “Quando nos unimos o resultado chega mais depressa e essa capacitação foi exemplo disso. Vejo que os técnicos do Ruraltins, de todas as regionais, participantes do treinamento, abraçaram com muita força esse trabalho, e agora estão prontos para fazerem a diferença nas suas localidades, contribuindo assim para a melhoria da qualidade de produção do pescado e principalmente para a melhoria da qualidade de vida dos nossos agricultores, que são fundamentais no processo de crescimento da atividade, no nosso Estado, avaliou a presidente.

O piscicultor José Botelho, de 50 anos, disse que a capacitação foi um divisor de águas em sua propriedade. “Antes criava o peixe com muita dificuldade, sem conhecimento e tinha prejuízos financeiros, com a mortalidade de peixes. Agora, após o treinamento consegui melhorar o manejo, a produção e aumentei a renda. Isso é maravilhoso”, comemora.

O técnico João Filho, gerente da Unidade Local, do Ruraltins, em Almas, em nome dos cursistas, elogiou a capacitação, considerando como um grande passo para o desenvolvimento e fortalecimento da piscicultura na região, que hoje é uma referencia de produção no Estado. “O curso da Embrapa foi de extrema importância para os técnicos e produtores, aliando teoria e prática, deu a todos a oportunidade de produzir com planejamento e conhecimento”, pontuou.

O Chefe Adjunto da Embrapa, Alexandre Freitas, também não poupou elogios ao Ruraltins, na execução desse trabalho piloto. “Não conseguimos enxergar a pesquisa sem o apoio da extensão rural, pois ela funciona como uma ponte entre nós e o produtor", disse, anunciando que o Ministério da Pesca autorizou a realização de uma nova capacitação nos mesmos moldes sobre tanque rede e viveiros escavados.

Semana do Peixe

O Superintendente do Ministério da Pesca, no Tocantins, Guilherme Vaz, presente no encontro, falou sobre a semana do peixe, que tem por objetivo incentivar o consumo do produto junto a população. O lançamento da programação acontecerá no dia 02 de setembro, na capital, no auditório do Sebrae, a partir da 19h. O ponto alto será no dia 06/09, quando o Ministro do MPA, Marcelo Crivella, virá ao Estado para o lançamento do edital dos Parques Aquicolas do Lago de Lajeado. O evento será realizado no auditório do Quartel do Comando Geral, em Palmas.

Participantes

Da cerimônia d e confraternização e entrega de certificados, realizada na Câmara Municipal, participaram ainda a representante do Sebrae Nacional, Newman Costa, o Prefeito de Almas Leonardo Cintra, os supervisores regionais do Ruraltins, de Taguatinga José Aldir, de Gurupi, Avanir Pereira, do Diretor de Assistência Técnica e Extensão Rural, Agnelo Cruz, técnicos e demais autoridades locais.

Fonte: Ruraltins

Governador Siqueira Inaugurou a Escola de Tempo Integral Deoclides Muniz








O Governador Siqueira Campos esteve em nossa cidade inaugurando a Escola de Tempo Integral Girassol Deoclides Muniz, o mesmo na oportunidade trouxe vários benefícios aos municípios vizinhos que estavam presente na festa, durante o evento o mesmo esteve prestando atenção nos acontecimentos como apresentação de balé e do Coral de Porto Nacional, após as apresentações as escolas foram contempladas com leptopes, professores ganharam tabletes, e alunos ganharam quites com cadernos e lapis, alem desses acontecimentos os discursos das autoridades falaram ao publico presente, os senhores Danilo Melo - Secretário de Educação, a Deputada Nilmar Ruiz, o Secretário de Relações Institucionais Eduardo Siqueira Campos, Leonardo Cintra, prefeito e presidente da ATM, Osmar Cintra - Ex Prefeito, e o Governador Siqueira Campos que relatou de sua luta pela criação do estado do Tocantins, que muitos diziam que não dava para fazer escolas de tempo integral por serem muito caras, e que ele fez para provar que dar para fazer e destacou Se não roubar da pra fazer o mesmo foi carinhoso com as crianças, após o evento o governador esteve visitando o Projeto Tamborá, após essa visita o mesmo deixou a nossa cidade.

Essa escola foi uma parceria entre o governo do Estado e o Governo Federal, sendo a maior participação da Governo Federal com 90% dos recursos destinados para a obra. Parabens para nossa presidente Dilma que lembrou da nossa humilde Cidade ao nosso governador que veio entregar a mesma para a comunidade.