Seminário sobre consciência indígena em comemoração ao dia do índio e realizada no IFTO

Foi realizado no dia 26 de abril de 2017 a seminário sobre a consciência indígena, o mesmo foi realizado no auditório do Instituto Federal do Tocantins campus de Dianópolis e contou com a presença dos índios da etnia Karajás. 

Foi formada a mesa de abertura onde usou a palavra do Diretor do Campus de Dianópolis e o também professor Jonas, apos foi a vez do presidente da Comissão da Consciência Indígena e a coordenadora do curso Michele, apos as palavras iniciais os índios Karajás foram convidados e os mesmos entraram caracterizado, cantando e gritando ate o palco.

Apos os mesmos chegarem eles dançaram e cantaram e ficaram no palco por algum momento, apos os mesmos sentaram e foram convidado a subirem no palco novamente para relatar um pouco da historia do povo Karajás, antes foi exibido o vídeo que tem por titulo demarcação , onde artistas e indígenas se uniram para dar seu recado.

Os três integrantes das tribos relataram um pouco da cultura Karajas, eles relataram que são os guerreiros das águas, que vivem as margens do Rio Araguaia, que a família Karajá, pertencente ao tronco linguístico Macro-Jê, se divide em três línguas: Karajá, Javaé e Xambioá (“povo de cima”, “povo do meio” e “povo de baixo”, respectivamente). Curiosamente, existem palavras apenas faladas por homens e outras apenas por mulheres, como por exemplo, a boneca de cerâmica é ritxòò na linguagem dos homens e ritxoko na linguagem das mulheres. Apesar de nos parecer confuso, todos se entendem. Hoje em dia o português é língua dominante entre eles

O mais curioso e que para saberem se vai chover ou não os mesmos se baseiam na Lua, se a mesma estiver com uma cor azulada em volta e sinal que ira chover, outra curiosidade e que a educação dos filhos e de responsabilidade das mulheres, as pinturas significa um animal e a pintura dos homens são diferente das pinturas das mulheres.

A palestra foi feita em comemoração ao dia 19 de abril, dia do índio, uma palestra rica de detalhes. 

Comentários