Saúde em Almas-TO

Segundo informações, o hospital municipal de Almas a 300 km da capital Palmas se transformou em pronto atendimento, devido a cidade não possuir 10.000 habitantes segundo o ultimo senso, na época do mandato do prefeito Manoel Midas o mesmo afirmou que o hospital iria ser reaberto e que já tinha compro os equipamentos, desmanchando o nome de pronto atendimento e voltando a nomenclatura atual de hospital municipal, mas afinal, o hospital é hospital ou pronto atendimento, o mesmo sempre funcionava como hospital, já chegou a fazer cirurgias aqui, já que o hospital é municipal, creio não poderia ter interferências externas nele.

Fica uma pergunta se foi transformado em pronto atendimento, onde está a lei dizendo isso? Que eu saiba a Câmara Municipal não aprovou nenhuma lei nesse sentido.

Outra coisa, uma enfermeira foi cedida pelo estado para a Prefeitura Municipal de Almas, mas a mesma mora em Palmas e não trabalha no hospital (pronto atendimento) daqui de Almas quem duvida é só acessar o endereço: http://www.diariooficial.to.gov.br e abra o diário oficial do dia 28 de Janeiro deste ano, estará nas paginas 29 e 30 do diário o nome dessa enfermeira.

Os Vereadores: Clevson Pereira Barbosa, Adão Rodrigues Barbosa, Jurimar José Trindade e Juracy Batista dos Santos rejeitaram 04 requerimentos apresentados por Francisco de Assis Ferreira Lima, dentre os 04 requerimentos o de numero 016/2011 solicitava uma auditoria para apurar irregularidades nessa área, como também na educação, o requerimento também pedia informações quanto ao recurso liberado em 02 de julho de 2010, do convénio nº 113/2010, esse convênio é da construção de um posto de saúde, o mesmo foi depositado na conta corrente 202.033-4, agência 132-5, Banco da Amazónia.

O povo quer explicações prefeito Leonardo Cintra quanto aos recursos que foram arrecadados nos leilões dos bens do Município, que entre os benefícios estão o caminhão do pronaf, o caminhão novo e a ambulância do município novinha comprada pelo ex-gestor Manoel Midas.

Alem do mais foi criado através de Lei o Bolsa Saúde do Município de Almas, mas o incrível e que os beneficiarios trabalham no período da seca e no período chuvoso não tem nenhuma ação de combate a dengue, como sabemos o período mais critico é o chuvoso onde vários locais podem armazenar agua que podem servir de criadouro do mosquito, os agentes de combate a dengue, beneficiarios do bolsa saúde recebem 150,00reais por mês.

Comentários