Desabafo de um trabalhador em defesa dos trabalhadores rurais

Sabemos que a economia se movimenta através da agricultura e da pecuária, na agricultura podemos perceber vira e mexe reportagens sobre resgates de trabalhadores rurais em regime de escravidão, inclusive em carvoarias também, fiquei sabendo de um decreto baixado pelo Governo Michel Temer que torna mais difícil a punição dos grandes fazendeiros que cometem esse tipo de crime, fico triste em saber que as conquistas que tínhamos no combate ao trabalho escravo foi por água a baixo.

Esse decreto irresponsável e mau pensado agora blindou os grandes empresários da agricultura que não serão mais incomodados, podem manter os trabalhadores análogos a escravidão, já que para denuncia valer deve ser acompanhada de um boletim de ocorrência, um tremendo de um absurdo, mais um grande retrocesso em nosso país, um grande retrocesso que agora somente o Supremo pode derrubar já que se depender do Ministério do Trabalho isso não será possível, vamos arregaçar as mangas pessoal e sair para as ruas ou o Brasil será colocado novamente nos tempos da escravidão como começaram a fazer agora.

O mais impressionante agora é que a lista suja agora não é mais publica, somente o Governo Michel Temer através do MTE, podera divulgar essa lista, a pergunta é qual o objetivo de se proibir a divulgação da lista suja do trabalho escravo, simples, proteger os donos de fazenda envolvidos nesse tipo de crime que deveria ter sido banido a muito tempo mais não foi, simplesmente me doi o coração de saber que uma aberração dessa foi feita e aceita na maior tranquilidade, cadê o MBL o VEM PRA RUA, onde estão os moralistas contra a corrupção, porque não tomam providencias? Vamos reagir e mostrar para o governo Michel Temer que as coisas não funcionam dessa forma

Comentários