Aniversário de Almas primeira parte

A festa de Aniversário de Almas dia 14 de novembro começou com show de erros durante o inicio das programações de comemoração, o locutor proporcionou várias gafes dentre as quais: 1 erro de nomes dos participantes, 2 ao chamar uma participante chamou o nome e relatou “professora de língua português”, solicita a execução do Hino de Almas citando somente 1 autor, desprezando os outros 2, convidou uma pessoa que não tinha condições de está em cima do palco fazendo o relato históricos, ela é uma historiadora da cidade, tem registros históricos, é professora, mas no dia a mesma não estava conseguindo se expressar, porque a mesma tinha problema de saúde, ao iniciar o Hino de Almas o mesmo foi interrompido, chamaram crianças de uma escola para cantar o hino, mas não deram microfone no inicio, colocando depois, mas as crianças não deram conta de acompanhar, como se não bastasse o grupo de suça demorou a apresentar e capoeira não apresentou, depois dessa fase foi apresentados os artistas e selecionados 10 musicas para a rodada final: Jesuilton, Loriana, Neto e Robson, Larissa, Arismon, Preto de Amelia e Anitor, Edinelio Gomes, Weverson Batista, Jonas e Felipe e Salmeron, foram os artistas que passaram para o segundo dia.

Esse foi o primeiro dia do aniversário de nossa cidade de Almas, que teve como destaque o cunho politico, já que um cidadão almense foi barrado de participar do festival como organizador e/ou jurado devido o mesmo pertencer a oposição.


Rinaldo Moreira da Nóbrega para o Blog Cidade Interativa Almas-TO. 

Comentários